Ferramenta inovadora permite solução de desafios em saúde e segurança para indústrias

A partir de 2020, a indústria mato-grossense passará a contar com uma nova ferramenta que promete inovação em Saúde e Segurança do Trabalho (SST) ou Promoção da Saúde. Trata-se do Sesi GoLAB, uma metodologia que possibilita identificar, mapear e estruturar uma solução rápida e moderna aos desafios relacionados às áreas de segurança ocupacional.

Para isso, as equipes de SST e de Inovação do Sesi Mato Grosso participaram de treinamento com o consultor do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) Taciano Moraes e com a analista de Desenvolvimento Industrial do Sesi Departamento Nacional Luciana Lucena. A primeira etapa da formação ocorreu entre os dias 16 e 20 de setembro e contou ainda com a participação de representantes da Águas Cuiabá – empresa parceira que abraçou a ideia e que terá o seu desafio como projeto piloto de solução no estado.

O programa de capacitação prevê mais duas fases: a de desenvolvimento e de protótipo, com expectativa de encerramento no mês de novembro. “O objetivo do serviço é promover a disseminação da cultura de inovação em saúde e segurança para atender aos desafios da indústria, por meio do desenvolvimento de iniciativas em conjunto”, explica a coordenadora de Inovação do Sesi Senai de Mato Grosso, Jenifeer Sartorello.

Após este período, os profissionais do Sesi estarão aptos para trabalhar com o conceito de Design Sprint (palavra traduzida do inglês que significa acelerar). “O GoLAB é uma caixa de ferramentas de aceleração de ideias, que estimula a criatividade e envolve diretamente as indústrias. Ele reúne práticas de estratégia de negócios, inovação, ciência do comportamento e design thinking”.

De acordo com Jenifeer, este será o primeiro produto inovador, especificamente, oferecido pelo Sesi Mato Grosso e que promoverá investigação e análise de uma problemática vivenciada no dia a dia da empresa.

Para o analista de Inovação Sesi Senai de Mato Grosso, Lucas Bernardino, que faz parte da equipe, o trabalho colaborativo proposto pelo Sesi GoLAB é um determinante para que a instituição e as indústrias alcançem bons resultados. “Utilizando o Design Sprint conseguimos detalhar de uma forma mais assertiva as demandas da empresa e também desenvolver junto aos funcionários soluções viáveis a curto prazo”

O passo a passo

A metodologia é composta por três etapas, denominadas pré-sprint, sprint e pós-sprint. Na pré-sprint é realizada uma reunião inicial com a indústria para entender o desafio. A empresa traz o case e, a partir daí, o grupo levanta subsídios que possam dar suporte no desenvolvimento dessa solução.

Entendido o desafio, é hora de desenvolver a solução no sprint, estruturado em três dias de imersão. Primeiro dia, entender, desconstruir e idear; no segundo, decidir e detalhar; no terceiro, prototipar, testar e aprender. Neste momento são realizadas provocações aos integrantes da empresa, por meio de metodologias e ferramentas de inovação, para que a solução seja validada em cada etapa até que se chegue a um formato final, que possa ser prototipado.

“Ou seja, o Sesi apoia a indústria durante toda a execução da ideação do briefing para que saia com a solução construída e validada”, destaca Jennifer.

O pós-sprint, ocorre 20 dias depois dos sprints, com o teste do protótipo para saber o que precisa ou não ser melhorado.

Galeria de Imagens - Ferramenta inovadora permite solução de desafios em saúde e segurança para indústrias

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

IEL - Instituto Euvaldo Lodi Núcleo de Mato Grosso
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 4193 - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT - CEP: 78049-940
Telefone: (65) 3611-1549